Atendimento à população em Quatro-Bocas

0

Logo após o evento na manhã deste sábado, na Feira Livre de Quatro-Bocas, centenas de pessoas se aproximaram da prefeita para tratar dos mais diversos assuntos. De acordo com cada problema, Aurenice Ribeiro direcionava para a Secretaria correspondente. Chamou a atenção dos presentes uma menina de 12 anos que se aproximou da prefeita para pedir um caderno, pois estava fora da escola. Ao chamar a mãe da garota, a prefeita soube que ela era separada do pai, e que este havia prendido os documentos pessoais de toda a família, impedindo a matrícula da garotinha. Imediatamente, a prefeita colocou à disposição da mãe e da menina, o corpo jurídico da prefeitura para recuperação dos documentos pessoais da família, autorizou que a menina frequente as aulas a partir de segunda-feira mesmo sem certidão de nascimento, e ofereceu a ela um kit escolar completo. Em meio às lágrimas, a mãe Regina do Amaral disse: “essa mulher é mais do que uma prefeita, ela é uma mãe” .

 

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade